KAL

KAL de Novembro – Gola Viajante de Clarice Gomes

by

Tricotar relaxa

Tricotar acalma

Tricotar é uma terapia

Tricotar é o (novo) Yoga

Tudo expressões que costumamos ouvir ou ler nas redes sociais e nos artigos de revistas e jornais.

Sim, tudo isto é verdade, mas quando quem tricota ainda não está muito bem familiarizado com a leitura de esquemas, de modelos, ou com a forma como se criam determinados pontos, se o processo for feito em conjunto, ou em simultâneo com outras pessoas, torna-se mais simples, por vezes mais desafiante até.

Por isso temos frequentemente, quase mensalmente, um KAL (um Knit-a-long). Escolhemos um modelo, sugerimos os fios da Tricot das Cinco mais indicados para o/s modelo/s em questão, definimos uma data de início e damos ao dedo, apoiando quem tem dúvidas.

Foi o que fizemos este mês com a gola Viajante, da designer portuguesa Clarice Gomes, que podem acompanhar na página Lina & Meia, no Facebook.

Eu estou a fazer a minha com o fio Herriot da Juniper Moon Farm, na cor verde (Green Heather);

Herriot da Juniper Moon Farm
Herriot da Juniper Moon Farm

A Cristina está a fazer a dela com o mesmo fio, mas em azul (Dark Teal Heather);

Gola tricotada em Herriot da JMF, pela Cristina
Gola tricotada em Herriot da JMF, pela Cristina

E a Anabela, que já tinha tricotado uma, voltou a repetir o modelo, o fio e a cor;

Gola tricotada em Herriot da JMF, pela Anabela
Gola tricotada em Herriot da JMF, pela Anabela

 

Já a Isabelita escolheu o fio Mongolia3 da Fonty, em Rosa Velho;

Gola tricotada em Mongólia3 da Fonty, pela Isabelita
Gola tricotada em Mongólia3 da Fonty, pela Isabelita

E a Luísa também escolheu este fio, na cor Rosa de Atacama, para fazer a sua segunda Viajante;

Gola tricotada em Mongólia3 da Fonty, pela Luísa
Gola tricotada em Mongólia3 da Fonty, pela Luísa

 

A primeira tinha sido tricotada com Arroyo da Malabrigo.

Gola tricotada em Arroyo da Malabrigo, pela Luísa
Gola tricotada em Arroyo da Malabrigo, pela Luísa

Podem acompanhar todos os KAL da Tricot das Cinco, no nosso grupo no Ravelry.

Se precisarem de uma ajuda extra, podem sempre marcar uma aula individual de 1h, ou mais, na Tricot das Cinco, com uma das nossas professoras.

E aí desse lado do ecrã, o que tricotam este mês?

Concurso da Tricot das Cinco – Resultado final!

by

Em Março, propusemos um KAL com 3 modelos de pares de meias, à escolha das participantes. E para comemorar o 1º aniversário da nossa loja Tricot das Cinco, na Av. Poeta Mistral, nr.7, em Lisboa, seleccionámos alguns dos nossos artigos preferidos como prémio para a autora do par de meias, escolhido pelo nosso pequeno grande júri, e que tivesse sido tricotado com fio adquirido na nossa loja.

Na nossa opinião todos os trabalhos realizados pelas participantes do KAL, tanto os que foram tricotados com fio da Tricot, como os outros, resultaram muito bem, criando meias originais e muito bonitas!

Podem ver todos os pares concluídos e candidatos ao prémio, aqui, no fórum da Tricot das Cinco, no Ravelry.

E neste outro “thread” encontram estes e todos os outros que foram feitos mas com outros fios, igualmente bonitos.

Muito obrigada a todas pela grande adesão ao nosso desafio.
Mas o nosso júri votou e rapidamente chegou a uma conclusão…

Isabelita’s Pucker

 

Ganhou o par de meias Pucker, tricotado pela Isabelita, com fio Sock da Malabrigo em branco/natural, e fio da coleção “O Principezinho” da Opal.

Muitos Parabéns, Isabel, as meias estão lindas, o contraste das cores com o branco ficou fantástico!

KAL de Março

by

Março é um mês importante para a Tricot das Cinco, é o mês em que celebramos o aniversário de abertura da nossa loja – no dia 29 de Março será o dia do nosso 1º aniversário!

Mas ainda não é disso que vamos falar hoje…
Antes disso, temos o KAL de Março, que desta vez traz água no bico, ou melhor, não vem sozinho, vem acompanhado de um prémio! mas, já falo dele a seguir, primeiro vamos ao KAL.

Depois de muitas tentativas, por parte das habituais participantes, de adivinhar o que o novo mês traria, passo a explicar a nossa sugestão. Reunimos 3 modelos diferentes de meias, cada um com um método diferente de iniciar e de fazer o calcanhar: o Pucker, o Tern e o Heel Hat. A ideia é fazer um par à vossa escolha, ou dois, ou três de qualquer um destes modelos.

Pucker de General Hogbuffer
Tern de Pam Allen
Hat Heel de Kathleen Sperling

 

– O Pucker é um modelo começado pelo cano, com o calcanhar feito em “heel flap” (uma das formas usadas com mais frequência), é feito com dois fios contrastantes – um liso + um matizado, ou dois lisos. A técnica usada para este modelo designa-se por “mosaic”, com malhas passadas, tricotando-se apenas um dos fios/cores em cada volta.

Para este modelo recomendamos os fios:
– Qualquer fio da gama Fabel Unicolor da Drops, como cor lisa;
– Qualquer fio das gamas Taiyo ou Silk Garden 4Ply da Noro,
– Qualquer fio da Colecção O Principezinho ou Colecção Hundertwasser da Opal, como cor matizada.

Pucker, tricotadas pela Luísa Machado, numa versão liso e matizado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pucker, tricotadas por Boojum (Ravelry), numa versão com fios lisos

 

– O Tern é um modelo começado pela ponta do pé, com o calcanhar feito em “short-row-heel”, é feito com um fio liso ou semi-liso, com variações suaves. Tem um padrão simples, repetido, elegante, criado pelo uso de um torcido de uma malha sobre cinco malhas.

Para este modelo recomendamos os fios:
– Qualquer fio da gama Sock da Malabrigo;
– Qualquer fio da gama Botany Lace da Araucania.

Tern, tricotadas por Scolberding (Ravelry), em versão cano curto
Tern, tricotadas por ParrotHeadKnitr (Ravelry), numa versão mais longa

 

– O Heel Hat é um modelo começado pelo calcanhar, sim, leram bem, pelo calcanhar! E fica muito engraçado se for utilizado um fios matizado, ou “self-stripped”, ou seja, que crie riscas e padrões ao ser tricotado.

Para este modelo recomendamos os fios:
– Qualquer fio da gama Hachito da Mirasol;
– Qualquer fio da gama Fabel Print da Drops;
– Qualquer fio da Colecção Cotton Premium 2015 da Opal.

Hat Heel, tricotado por Wipinsanity (Ravelry), na versão de criança, com fio Fabel

 

 

 

 

 

 

 

 

Hat Heel, tricotado por Sockmum (Ravelry), na versão adulto com fio Opal

Para fazer um par de meias de adulto, de qualquer um destes modelos, são necessários entre 350m a 450m de fio.

Agora vem a parte do prémio…
É a Tricot das Cinco que vai fazer um ano de portas abertas, mas é uma participante do KAL que pode ganhar o prémio!

Quem participar no KAL de Março, com fio adquirido na loja, iniciando o projecto em Março e terminando o mesmo até dia 05 de Abril, Domingo de Páscoa, habilita-se a ganhar os seguintes artigos:

Prémio do KAL de Março*

 

– 2 novelos 25g/175me Coast, da Holst Garn;
– 1 novelo 100g/380m de Fine Donegal, de Debbie Bliss;
– 1 novelo 100g/425m de Cotton Premium 2015, da Opal;
– 1 pacote de 100g de Kusmi Tea;
– 1 revista Debbie Bliss, coleção Primavera/Verão’15.
*As cores dos fios serão escolhidas pelo vencedor, mediante stock existente na loja.

Para participar:

– Indicar no nosso grupo do Ravelry no post criado para o efeito, que pretendem participar, qual o modelo que irão fazer e com que fio;
– Publicar a foto do projecto terminado, nesse mesmo post do Ravelry, até dia 5 de Abril;
ou podem fazê-lo aqui no blog, caso não tenham conta no Ravelry.

O vencedor vai ser escolhido pelo nosso júri – os nossos filhos, os meus 4 e os 2 da Paula, com idades entre os 4 e os 16 anos. Eles vão escolher o par de meias que mais gostarem, de acordo com a fotografia que publicarem. E o resultado será divulgado no dia 12 de Abril, sim porque o júri vai precisar de conferênciar e analisar as vossas fotografias durante uma semana, antes de chegarem a um resultado final!

Boa sorte a todos!

Quem alinha?

KAL de Fevereiro

by

Inspira

Fevereiro é o meu mês.

É o mês em que faço anos, e é também o mês em que perdi a minha Mãe. Por isso sempre que ouço a palavra Fevereiro, o som mexe comigo. Mas mexe de uma forma positiva, tento arranjar momentos bons neste mês, para que sejam mais os dias de alegria, que os dias de tristeza, porque a saudade, essa está cá sempre, em qualquer dia de qualquer mês.

Ora bem, e o modelo que escolhi para Fevereiro já anda na minha lista de projectos a fazer, há muuuuito tempo! Quis começá-lo convosco, para termos dúvidas em grupo, para vermos resultados lindos, que este modelo dá.

Chama-se Inspira Cowl, é da autoria da “graphica” e tem 3 versões: a Steampunk, em que é utilizado um fio de espessura mais fina/média, como um fingering ou um sport; a Mesa Rock, feito com um fio de espessura média/grossa, como o aran; e por fim o Afrique, em que se usa um fio grosso, como o bulky.

As versões mais usadas têm sido a Steampunk e a Afrique ou África, aqui abaixo exemplificadas.

Inspira Steampunk, de missynell (ravelry)
Inspira Afrique, de konabuck (ravelry)

 

Aqui abaixo foram usados fios mais grossos, como indicado na versão África, mas com o tamanho final indicado na versão Steampunk, resultando assim numa gola maior, que tapa os dois ombros.

Inspira Afrique, de krebinette (ravelry)

Para participar no KAL é simples:

. Escolhem o vosso fio, que pode ser comprado na Tricot das Cinco, ou podem usar outro fio bonito que tenham no vosso stash (stash = aquela montanha de meadas e novelos que vamos acumulando na nossa casa, naquele cantinho onde guardamos tudo o que “um dia” iremos tricotar);

. Imprimem o modelo gratuito que está aqui, ou se forem comprar o fio à Tricot das Cinco teremos a impressão do modelo para vos oferecer e explicar as dúvidas que possam ter (se comprarem na loja online, indiquem que estão a comprar o fio para este efeito, e enviaremos o modelo na encomenda);

. O modelo será tricotado durante o mês de Fevereiro, e vamos partilhando a evolução, as dúvidas, e os projectos finais, no grupo da Tricot das Cinco no Ravelry, num post específico que criei para o efeito. Não fiquem preocupadas com o prazo para terminar. Volto a dizer: um KAL não é uma corrida de Tricot, é para ser relaxante, didático na troca de informações e dúvidas. E uma das melhores partes é ver os diferentes resultados, conforme os fios e cores escolhidas por cada uma das participantes.

Este modelo pede dois fios, que podem ser lisos ou bastante coloridos, com uma mudança de cor longa. Um fio/cor será trabalhado em ponto de meia e o outro em ponto de liga, o que causa uma textura singular, com as ondinhas da liga, coloridas, a aparecerem em destaque. Podem usar dois tons da mesma cor, ou dois tons que combinem bem, caso optem pelos lisos e se quiserem uma gola discreta, mais sóbria. Ou então, fios coloridos, com um contraste maior, caso gostem de usar peças únicas e alegres.

Segundo as indicações da autora, são necessários 498m de fio de espessura Fingering, para a versão Steampunk (304m para o fio tricotado em meia, 194m para o fio tricotado em liga). O que dará para uma gola que cobrirá um ombro, ou dois de uma forma mais justa e para quem tem os ombros mais estreitos.

Se utilizar fios da Tricot das Cinco, recomendamos:

– Qualquer fio da família Amitola da Louisa Harding (80% lã, 20% seda), dois novelos;
– Qualquer fio da família Arroyo da Malabrigo (100% merino), duas meadas;
– Qualquer fio da família Alpaca da Drops (100% alpaca), quatro novelos;
– Qualquer fio da família Silk Garden 4Ply (40%lã, 25% seda, 5% poliamida, 10% mohair) ou Taiyo 4Ply (50% algodão, 17% lã, 17% poliamida, 16% seda), da Noro;

Se for fazer com fios mais grossos, mais próximos dos indicados para a versão África, recomendamos:

– Qualquer fio da família Kureyon da Noro (100% lã);
– Qualquer fio da família Blue Faced Leicester DK da Debbie Bliss (100% lã BFL);
– Qualquer fio da família Big Delight da Drops (100% lã);
– Qualquer fio da família Fado da Fonty (100% merino),
– Qualquer fio da família Rios ou Twist da Malabrigo (100% lã merino).

E que tal, alinham?

KAL de Janeiro

by

Já passaram as festas, já comemos muitas coisas boas e doces, já tricotámos muitos presentes, está na hora de agarrarmos um projecto simples, para nos entreter as mãos e as horas vagas, porque ainda temos muitos meses pela frente.

Proponho-vos um xaile-lenço.
Um xaile em triângulo, com ponto de liga do avesso, ponto de meia do direito, e algumas barras de “eyelets” (ou laçadas), para quebrar a monotonia. Falo do modelo “The Age of Brass and Steam Kerchief” da Orange Flower Yarn.

 

Para participar no KAL é simples:

. Escolhem o vosso fio, que pode ser comprado na Tricot das Cinco, ou podem usar outro fio bonito que tenham no vosso stash (stash = aquela montanha de meadas e novelos que vamos acumulando na nossa casa, naquele cantinho onde guardamos tudo o que “um dia” iremos tricotar);

. Imprimem o modelo gratuito que está aqui, ou se forem comprar o fio à Tricot das Cinco teremos a impressão do modelo para vos oferecer e explicar as dúvidas que possam ter (se comprarem na loja online, indiquem que estão a comprar o fio para este efeito, e enviaremos o modelo na encomenda);

. O modelo será tricotado durante o mês de Janeiro, e vamos partilhando a evolução, as dúvidas, e os projectos finais, no grupo da Tricot das Cinco no Ravelry, num post específico que criei para o efeito. Não fiquem preocupadas com o prazo para terminar. Volto a dizer: um KAL não é uma corrida de Tricot, é para ser relaxante, didático na troca de informações e dúvidas. E uma das melhores partes é ver os diferentes resultados, conforme os fios e cores escolhidas por cada uma das participantes.

Este modelo pede um fio semi-liso ou bastante colorido, de riscas, que lhe dará uma graça especial. Foi desenhado a pensar em fios de espessura DK (Double Knit), mas pode ser feito com qualquer espessura, sem grandes ajustes.

Segundo as indicações da autora, são necessários 210m a 219m de fio de espessura DK, por isso se utilizar um fio de espessura Fingering, necessitará de 380 a 400m de fio.

Se utilizar fios da Tricot das Cinco, recomendamos:

– Qualquer fio da família Amitola da Louisa Harding (80% lã, 20% seda), um novelo dá para um lenço, com dois novelos faz um xaile maior;

– Qualquer fio da família O Princepezinho ou Hundertwasser da Opal (75% lã, 25% poliamida), um novelo dá para tricotar um xaile;

– Qualquer fio da família Silky Merino da Malabrigo (49% merino bébé, 51% seda), duas meadas dão para um xaile;

– Qualquer fio da família Arroyo da Malabrigo (100% merino), uma meada dá para um xaile;

E se quiserem aproveitar os saldos desta semana, podem tricotar o xaile com:
– Com dois novelos ou três novelos de Merino 100% Effect da Katia (100% merino), ou
– Com uma meada de Ranco da Araucania (75% lã, 25% poliamida), ou
– Com dois novelos de Silk Garden 4 Ply da Noro (40% lã, 25% seda, 25% poliamida, 10% mohair), ou
– Com duas meadas de Hachito (80% merino, 20% poliamida),

E que tal, alinham?

KAL de Novembro

by

Cranford Mitts by Jane Lithgrow

Como o KAL do mês passado ainda está a dar trabalho a muitas tricotadeiras corajosas, escolhi para Novembro um modelo rápido de executar, que também pode ser aproveitado para presente de Natal. São umas Mitts, ou luvas sem dedos, simples de fazer e cujo padrão é facilmente memorizado. Eu já fiz muitas versões deste padrão – numa só cor, em duas cores, num fio unicolor, ou num fio matizado. Desde que escolham um fio de espessura fingering, o resultado será sempre bonito. A escolha da cor, ou cores, a usar é vossa!

Estas são as últimas que fiz, e usei o fio BB Merinos, da Fonty.

Cranford Mitts, tricotadas por mim

Para participar no KAL é simples:

. Escolhem o vosso fio, que pode ser comprado na Tricot das Cinco, ou podem usar outro fio bonito que tenham no vosso stash (stash = aquela montanha de meadas e novelos que vamos acumulando na nossa casa, naquele cantinho onde guardamos tudo o que “um dia” iremos tricotar);

. Imprimem o modelo gratuito que está aqui, ou se forem comprar o fio à Tricot das Cinco teremos a impressão do modelo para vos oferecer e explicar as dúvidas que possam ter (se comprarem na loja online, indiquem que estão a comprar o fio para este efeito, e enviaremos o modelo na encomenda);

. O modelo será tricotado durante o mês de Novembro, e vamos partilhando a evolução, as dúvidas, e os projectos finais, no grupo da Tricot das Cinco no ravelry, num post específico que criei para o efeito. Não fiquem preocupadas com o prazo para terminar. Volto a dizer: um KAL não é uma corrida de Tricot, é para ser relaxante, didático na troca de informações e dúvidas. E uma das melhores partes é ver os diferentes resultados, conforme os fios e cores escolhidas por cada uma das participantes.

Segundo as indicações da autora, são necessários 180 a 200m num fio de espessura Fingering. Sugestões de fios da Tricot das Cinco para estas Mitts:

– Qualquer fio da família BB Merinos da Fonty (100% merino), um novelo dá para um par de Mitts;

– Qualquer fio da família Sock da Malabrigo (100% merino), uma meada dá para dois pares de Mitts;

– Qualquer fio da família Fabel da Drops (75% lã 25% poliamida), um novelo dá para um par de Mitts;

E que tal, alinham?

 

KAL de Outubro – Revista Esquel de Louisa Harding

by

Na 5a feira passada mostrei, na nossa página do Facebook, os modelos que a designer Louisa Harding idealizou para o Esquel, um novo fio para a sua coleção Outono/Inverno’14.

Houve muitas pessoas que sugeriram fazer do poncho verde que vem na capa, o KAL do próximo mês. Houve também quem gostasse mais do casaco castanho e mel, que mostrei.

Como esta revista traz muitos modelos bonitos e femininos, e como o fio é um espanto, pensei fazer o seguinte: o KAL de Outubro seria um dos modelos da revista Esquel!

A revista traz 9 modelos, uns mais complexos que outros. Para o KAL entrariam os seguintes modelos:

O Poncho, modelo Ivy

Ivy Poncho
Ivy Poncho
Ivy (2) Poncho

 

 

O Casaco, modelo Forage

Forage Casaco
Forage (2) Casaco

 

A Camisola, modelo Acacia

Acacia Camisola
Acacia (2) Camisola

 

O Casaco, modelo Ramble

Ramble Casaco
Ramble Casaco

 

Como estes modelos só estão disponíveis na revista, caso pretendam participar no KAL de Outubro e tricotar o vosso modelo com o fio Esquel (composto por 60% merino, 20%seda, 20%lama; 50gr/97metros; espessura entre DK/Aran) adquirido na Tricot das Cinco, a revista será uma oferta nossa! Esta oferta é válida também para quem adquirir os fios, para este KAL, através da nossa loja online.

Para participar no KAL é simples:

. Escolhem o modelo que irão fazer, e indicam-no aqui nos comentários, ou no nosso grupo do Ravelry, aqui;

. Escolhem o vosso fio, que pode ser comprado na Tricot das Cinco, ou podem usar outro fio bonito que tenham no vosso stash, da mesma espessura;

. Adquirem a revista, ou recebem-na como oferta, caso comprem os fios Esquel na Tricot das Cinco;

. O modelo será tricotado durante o mês de Outubro, e vamos partilhando a evolução, as dúvidas, e os projectos finais, no grupo da Tricot das Cinco no ravelry, num post específico que criei para o efeito. Não fiquem preocupadas com o prazo para terminar. Volto a dizer: um KAL não é uma corrida de Tricot, é para ser relaxante, didático na troca de informações e dúvidas. E uma das melhores partes é ver os diferentes resultados, conforme os fios e cores escolhidas por cada uma das participantes.

Atenção: Neste momento ainda não temos todas as cores desta coleção, no entanto podem sempre contactar-nos a indicar o modelo e a cor que pretendem usar, e em poucos dias arranjaremos o que estiver em falta.

E que tal, alinham?

KAL de Setembro

by

Com os dias de férias que tivémos em Agosto, longe das rotinas e das paisagens habituais, o tempo voou mais depressa e nem pensei no KAL de Setembro…

Mas hoje aqui estou, para vos aliciar com mais uma proposta: desta vez, a pensar nos membros mais novos que todas as famílias têm, ou hão-de ter! Quem não tem uma amiga, uma prima, uma filha, uma sobrinha, ou até uma vizinha que vai ter bébé em breve? E porque não oferecer um presente útil e que vai ficar de recordação para as próximas gerações?

O KAL de Setembro é um cardigan simples, tricotado de cima para baixo (top-down) e sem costuras. As mangas podem ter o comprimento que mais gostarem, lembrem-se que irá certamente ser usado por cima de um body ou até de um babygrow.

Puerperium Cardigan de Kelly Brooker

 

Aqui, nesta versão, a Ema acrescentou-lhe um simpático ouriço.

Puerperium Cardigan na versão da Ema (-stella- no ravelry)

 

Para participar no KAL é simples:

. Escolhem o vosso fio, que pode ser comprado na Tricot das Cinco, ou podem usar outro fio bonito que tenham no vosso stash (stash = aquela montanha de meadas e novelos que vamos acumulando na nossa casa, naquele cantinho onde guardamos tudo o que “um dia” iremos tricotar);

. Imprimem o modelo gratuito que está aqui, ou se forem comprar o fio à Tricot das Cinco teremos a impressão do modelo para vos oferecer e explicar as dúvidas que possam ter (se comprarem na loja online, indiquem que estão a comprar o fio para este efeito, e enviaremos o modelo na encomenda);

. O modelo será tricotado durante o mês de Setembro, e vamos partilhando a evolução, as dúvidas, e os projectos finais, no grupo da Tricot das Cinco no ravelry, num post específico que criei para o efeito. Não fiquem preocupadas com o prazo para terminar. Volto a dizer: um KAL não é uma corrida de Tricot, é para ser relaxante, didático na troca de informações e dúvidas. E uma das melhores partes é ver os diferentes resultados, conforme os fios e cores escolhidas por cada uma das participantes.

Segundo as indicações da autora, são necessários 180 a 200m num fio de espessura DK, que seja 100% merino. Sugestões de fios da Tricot das Cinco para este cardigan:

– Qualquer fio da família Rios da Malabrigo, é necessária uma meada para o tamanho indicado no modelo;

– Qualquer fio da família Rialto DK da Debbie Bliss, são necessários 2 novelos para o tamanho indicado no modelo;

– Qualquer fio da família Baby Cashmerino da Debbie Bliss, são necessários 2 novelos para o tamanho indicado no modelo;

E que tal, alinham?

KAL de Agosto

by

Agosto é o mês que muitos escolhem para gozar os seus merecidos dias de descanso. Por esse motivo, pensei num projecto que fosse rápido, fácil, fresco, prático de transportar, que pudesse ser feito em qualquer lugar, numa esplanada, ou até mesmo na praia…

Para Agosto proponho fazermos toalhas de rosto, ou panos de loiça, em algodão. E será um KAL aberto!

Para participar é simples:

. Pode ser feito em Tricot ou em Crochet;

. Escolhem o vosso fio 100% algodão, que pode ser comprado na Tricot das Cinco, ou que já tenham em casa;

. Não há um modelo a seguir. O ponto e as dimensões escolhidas ficam ao vosso critério. Posso adiantar que normalmente as toalhas de rosto são quadradas, com cerca de 2ocms de lado;

. Começamos em Agosto, no dia 1 ou nos seguintes, e vamos partilhando a evolução, as dúvidas, e os projectos finais, no grupo da Tricot das Cinco no ravelry, num post específico que criei para o efeito.

.  Se escolherem duas ou três cores que liguem bem, podem fazer conjuntos, juntar um sabonete artesanal da ANIS, ou do SABÃO DA AVÓ, ou outros que gostem, e começar a preparar já os vossos presentes de Natal. Façam tantos quantos quiserem, vão ver que são viciantes!

Podem aproveitar as promoções de algodão que temos até final do mês de Julho:

Drops Safran e Drops Muskat com 35% desconto;

. Katia Candy e Katia Cotton Jeans com 10% desconto;

Deixo-vos algumas sugestões de modelos publicados no Ravelry e no site na Drops Garnstudio

Dishcloth/Esfregão de Loiça
Toalha de Rosto
Esfregão de Loiça
Esfregão de Loiça

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Toalha de Rosto
Toalha de Rosto
Toalha de Cozinha
Esfregão de Cozinha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E que tal, alinham?

KAL de Julho

by

O xaile/cachecol do KAL de Junho já está terminado pela maioria das participantes. Está na altura de pensarmos no KAL de Julho, não acham?

Desta vez, e a pensar nos dias mais quentes, que teimam em não chegar, a minha sugestão vai para uma blusa fresca, de manga curta. Pode ser de algodão, ou mistura de algodão e linho, de algodão e merino ou noutro fio que gostem.

gemini1

Será feita sem costuras, a começar por cima (top-down), para ser um desafio para quem nunca experimentou este método. As mangas e o decote são rendados e o corpo liso. É possível usar com a zona rendada para a frente, numa festa ou ocasião mais chique, ou com a renda para trás, num uso diário e mais casual.

Gemini2gemini6

O modelo escolhido chama-se Gemini é da Jane Richmond, está publicado na knitty.com e pode ser descarregado aqui gratuitamente.

Gemini

 

Para participar é simples:

. Escolhem o vosso fio, que pode ser comprado na Tricot das Cinco, ou podem usar outro fio bonito que tenham no vosso stash (stash = aquela montanha de meadas e novelos que vamos acumulando na nossa casa, naquele cantinho onde guardamos tudo o que “um dia” iremos tricotar);

. Imprimem o modelo gratuito que está aqui, ou se forem comprar o fio à Tricot das Cinco teremos a impressão do modelo para vos oferecer e explicar as dúvidas que possam ter (se comprarem na loja online, indiquem que estão a comprar o fio para este efeito, e enviaremos o modelo na encomenda);

. Começamos o modelo em Julho, no dia 1 ou nos seguintes, e vamos partilhando a evolução, as dúvidas, e os projectos finais, no grupo da Tricot das Cinco no ravelry, num post específico que criei para o efeito. Não fiquem preocupadas com o prazo para terminar. Um KAL não é uma corrida de Tricot, é para ser relaxante, didático na troca de informações e dúvidas. E uma das melhores partes é ver os diferentes resultados, conforme os fios e cores escolhidas por cada uma das participantes.

Segundo as indicações da autora, são necessários 650 a 680m num fio de espessura DK, numa mistura de algodão e linho. Sugestões de fios da Tricot das Cinco para este xaile:

– Qualquer fio da família Bohème da Fonty, são necessários 5 novelos para tamanho S / 6 novelos para tamanho M;

– Qualquer fio da família Cotton Merino da Drops, são necessários 5 novelos para tamanho S / 6 novelos para tamanho M;

– Qualquer fio da família Mia da Debbie Bliss, são necessários 6 novelos para tamanho S / 7 novelos para tamanho M;

 

E que tal, alinham?

 

1 2